UX design: definição descomplicada

Muita teoria? Entenda de verdade o que é o UX design e como ele pode melhorar a vida do seu cliente.

UX design (User Experience Design- Design da Experiência do Usuário) é, na verdade, um campo multidisciplinar extremamente vasto. De maneira simples, podemos dizer que o UX design modela os produtos e serviços que usamos diariamente. Isso faz com que, o UX design possa trazer o sucesso ou fracasso de uma empresa ou marca.

A UX (experiência do usuário) refere-se à qualquer interação que um usuário possa ter com um produto ou serviço. O UX design considera todos os elementos que moldam essa experiência. Por exemplo, como esta experiência faz o usuário se sentir, e o quão fácil é para o usuário realizar as tarefas desejadas, etc.

Enfim, UX pode englobar várias coisas, desde como você sente com um produto em suas mãos, até o quão claro é um processo de check out de uma compra online. O objetivo do UX design é criar experiências agradáveis, ​​fáceis, eficientes, relevantes e completas para o consumidor.

UX Design é a mesma coisa que UI Design?

O termo UX foi cunhado na década de 90 por Don Norman, um dos maiores gurus do design mundial. Don Norman é Design Thinker, Cientista Cognitivo, e foi vice-presidente do User Experience Architect Group, na Apple. Os designers de UX combinam pesquisa de mercado, desenvolvimento de produtos, estratégias e design para criar experiências aos usuários para produtos, serviços e processos. Eles constroem pontes entre a empresa e seus clientes, ajudando a entender melhor as necessidades e expectativas dos consumidores.

Quando se fala em UX, o termo UI (User Interface Design – Design da Interface com o Usuário) também aparece. No entanto, é importante saber que, apesar de geralmente serem usados ​​como sinônimos, UX e UI são coisas diferentes. O UX é focado na jornada do usuário para resolver um problema; A UI é focada na aparência do produto e suas funções. Por exemplo, o UI seria relacionado ao design visual das telas de um aplicativo para celular ou a quais botões estariam disponíveis em um site. O UI preocupa-se com todos os elementos visuais e interativos de uma interface de produto, abrangendo desde tipografia e paletas de cores até animações e pontos de toque de navegação (como botões e barras de rolagem).  Já o UX design está em toda parte: desde o layout de um supermercado, a ergonomia de um veículo ou a usabilidade de um aplicativo.

Quais especialidades o UX design abrange?

O UX design engloba diversas áreas, disciplinas diferentes que se intercomunicam com o objetivo comum de prover a melhor relação entre os produtos e a empresa. Basicamente, o UX tem 5 grandes áreas de atuação:

Experience Strategy (ExS- Estratégia de Experiência): O UX design não trata apenas do usuário final. Ele também traz um enorme valor para a empresa. A estratégia de experiência tem tudo a ver com a criação de uma atuação holística do negócio, incorporando as necessidades do cliente e assim como as da empresa.

Interaction Design (IxD- Design de Interação): analisa como o usuário interage com um sistema, considerando todos os elementos interativos, como botões, transições de página e animações. Os designers de interação buscam criar projetos intuitivos que permitem ao usuário concluir tarefas e ações sem esforço.

User Research (UR -Pesquisa de usuário): Como já dissemos, o UX design identifica problemas e projeta soluções. Isso requer extensas pesquisas e feedbacks de clientes existentes ou potenciais. Além de pesquisas, o UX design faz entrevistas e testes de usabilidade. Assim podem criar Personas de usuários, ajudando a identificar necessidades e objetivos deles. Dados qualitativos e quantitativos ajudam nas decisões de design.

Information Architecture (IA – Arquitetura da Informação): é a prática de organizar informações e conteúdo de maneira significativa e acessível. Isso é crucial para ajudar o lidar com o produto. Para determinar a IA de qualquer produto, os arquitetos de informação consideram a relação entre diferentes conjuntos de conteúdos. Eles também prestam muita atenção à linguagem usada, para que ela seja convincente e consistente.

Ficou mais fácil agora? E isso é só uma introdução sobre tudo o que a área de UX pode fazer. Então, continue acompanhando o blog da Control F5, pois falaremos mais sobre o UX design com um diferencial: descomplicando os termos técnicos e fazendo você realmente entender do assunto!

Artigos Relacionados

Redes Sociais